terça-feira, 22 de abril de 2008

O Ministro da Agricultura Português desaconselha...

... o consumo de produtos dietéticos sem controle.

Notícia do Público aqui .

Isto ainda a propósito do "caso Herbalife", que por sua vez derivou do caso "Depuralina" (empresa que entretanto parece ter ficado muda, depois de ter sido descoberto que funcionava ilegalmente em Espanha, sem a autorização devida para fabricar os produtos).

O blog "Indústria da Decepção?" fez um excelente trabalho de cobertura dos acontecimentos relacionados com a Herbalife nesse post.

Por outro lado, é uma óptima altura para relançar o debate sobre o FIT, da Agel. O "revolucionário" produto para emagracer que pode não ter listados todos os ingredientes no verso, e que pode não ser possível de comercializar no Brasil devido a conter Hoodia Gordonii, uma substância proibida pela Anvisa.

E então, Agel? Como é? Alguém na rede sabe ao certo o que é que está dentro da embalagem? É que, pelos vistos, e com atitudes incompreensíveis como as da vossa empresa, que rotula produtos com omissões na composição, nem nas palavras do Ministro da Agricultura podemos confiar, quando refere que devemos "ligar àquilo que vem escrito nos rótulo"...

E se um prospecto vos fizesse essa "fantástica" pergunta...?

E, já agora, aproveitando a embalagem, que tal um comentário sustentado a esta notícia?


6 comentários:

Anónimo disse...

Já não era sem tempo. Todo o silêncio que se tem mantido durante tanto tempo em relação à Herbalife é, para mim, no mínimo, estranho.
No entanto, o esquema de funcionamento da rede não foi posto em causa.

Pedro Menard disse...

De facto.

Já era tempo das autoridades abrirem os olhos e começarem a questionar a legitimidade de todas estas redes de suposto MLM.

O grande problema é que cá em Portugal anda tudo morto. Ninguém se queixa. O assunto não tem relevância de crime. Mesmo que nalguns casos sejam óbvias a infracções.

Era bom que o caso da Amway em Inglaterra terminasse com uma condenação da empresa. Creio, contudo, que, mais uma vez, isso não vai acontecer. Há muitos interesses a puxarem os cordelinhos por detrás do pano.

Quanto à Herbalife, espero que ao menos a opinião pública fique mais alertada sobre a fantochada que são estes produtos de que não há provas concretas sobre a sua real valia. Antes pelo contrário, como se começa agora a verificar. Com ou sem lobby farmacêutico à mistura. Trata-se de um negócio. De uma maneira de ganhar dinheiro onde a maioria acaba por perder.

Este ano de 2008, cheira-me, vai ser negro para a Herbalife, a julgar pelo que o FDI e o Pyramid Scheme Alert andam a planear...

Cumprimentos.

Cumprimentos.

jj disse...

Então e se por acaso o resultado da tal investigação do governo espanhol for favorável ???? Também pode acontecer não é verdade ? É que pode se virar tudo ao contrário... A ver vamos, como o outro diz, prognósticos só no fim do jogo.

Pedro Menard disse...

Caro JJ,

E se for (favorável)? Isso muda alguma coisa? Continuamos a ter uma rede de pessoas - que pouco ou nada percebem de saúde - a passarem produtos de uns para os outros e a incitar o seu consumo na base do "é bom para a saúde" e do "faz emagrecer de certeza". MESMO QUE OS TESTES SEJAM INCONCLUSIVOS (ou "favoráveis"), COMO JÁ FORAM NO PASSADO, CONTINUAMOS NA MESMA COM UMA AMEAÇA À SAUDE PÚBLICA.

Já para não falar da vertente Pirâmide (aparentemente legal) disfarçada de MLM. Cá em Portugal não há, infelizmente, nenhuns ecos deste problema. Ou pelo menos não havia, até este advento da Agel ter começado a levantar poeiras...

Cumprimentos.

Pedro C. disse...

Peço desculpa, talvez me tenha enganado, voce pertence ao sector farmaceutico. Tantos medicamentos que fazem efeitos secundários terriveis ás pessoas, e não vejo farmácias a serem fechadas, a agel nada tem a ver com produtos dieteticos, são sim suplementos, o unico mais próximo é o fit que não contem depuralina, mas com má intenção foi aqui comparado, este blog é todo muito suspeito, as pessoas que trabalham na venda direta são todos uns bandidos, mas por sua vez os farmaceuticos que faturam milhoes por ano tá tudo bem.
Agradecia que comentasse.

cumps

Anónimo disse...

Caro Pedro C,

"Peço desculpa, talvez me tenha enganado, voce pertence ao sector farmaceutico."

>>> Errado outra vez. Continue a tentar...

"Tantos medicamentos que fazem efeitos secundários terriveis ás pessoas, e não vejo farmácias a
serem fechadas,"

>>> Nem eu. E? Será que uma coisa desculpabiliza a outra?

----------------

" a agel nada tem a ver com produtos dieteticos, são sim suplementos, o unico mais próximo é o fit que não contem depuralina, mas com má intenção foi aqui comparado,"

>>> O FIT é um produto dietético. É nessa base que está aqui a ser comentado.

Com má intenção??? COM MÁ INTENÇÃO???

Peço desculpa, mas a má intenção, neste caso, é toda sua. 1) Estamos a falar de um produto que provavelmente traz um ingrediente NÃO listado no verso, o Hoodia Gordonii, ingrediente esse que é proibido no Brasil por não se saber se faz mal à saude; 2) estamos a falar de um produto que é anunciado como uma "revolução" no que respeita a suplementos alimentares e que depois não apresenta estudos NENHUNS ou bases científicas NENHUMAS para provar a sua eficácia, 3) estamos a falar de um produto que se insere na máxima "Nenhum suplemento alimentar faz de facto emagrecer", divulgada por vários nutricionistas profissionais e por várias associações contra a obesidade.

Diga-me agora que eu é que ando com más intenções...

----------------

"este blog é todo muito suspeito,"

>>> É? Mas não o vejo a contra-argumentar nada daquilo que é dito. O Sr. limita-se a dar a sua opinião sobre algumas coisas, por vezes de forma distorcida, sem nunca tocar nos factos que apresento.

-----------

"as pessoas que trabalham na venda direta são todos uns bandidos,"

>>> Eu não disse isso. Essas palavras são suas.

Para que o Sr. fique BEM ESCLARECIDO, quem de facto trabalha em Vendas Directa merece todo o meu respeito. Esses, de facto, trabalham! Esses, de facto, não entram em ilegalidades.

------------------

"mas por sua vez os farmaceuticos que faturam milhoes por ano tá tudo bem."

>>> Mais uma vez, essas palavras são suas.

---------------------

Agradecia que comentasse.

>>> Eu não me importo nada de comentar aquilo que o Sr. diz, mas começo a ficar de pé atrás quando o Sr. coloca palavras na minha boca e quando não se dedica a apresentar contra-argumentos DE ESPÉCIE ALGUMA aos factos que denuncio.

Volto a fazer-lhe a pergunta: o que é, para si, um esquema de vendas em pirâmide? E a mesma coisa, mas com produtos?

Cumprimentos,

Pedro Menard